Defina o seu tempo de estudo

Defina o seu tempo de estudo

Este é outro passo essencial. Não se engane: a perspectiva de estudar infinitamente até o dia em que passar pode parecer interessante, mas na prática é desmotivador.

As pessoas, especialmente os nascidos a partir de 1985, se motivam mais quando conseguem enxergar com clareza o fim do que estão fazendo. Portanto, não deixe de definir uma meta de tempo.

Esta meta deve variar de acordo com os seguintes critérios:

  • A quantidade total de matérias a estudar
  • O tempo total semanal disponível de estudo
  • O quão profundamente quer estudar cada matéria
  • A extensão do edital escolhido
  • A previsão de data da prova

 

Importante: Este último critério quase sempre deverá ser o mais importante e se sobressair em relação aos outros, pois, estudar todo o edital antes de fazer a prova. Isso não se aplica quando o teste acontecerá em um tempo muito curto (neste caso a estratégia deverá ser outra) ou quando não tem previsão de abertura de edital nos próximos 12 meses. Não se esqueça de reservar um tempo para revisão.

Se não conseguir estipular este tempo através de cálculo, pelo menos faça uma meta. É interessante que você saiba a cada dia quanto tempo falta para finalizar o que se propôs a fazer. Defina também uma data de início, já considerando um tempo anterior de preparação, onde fará a aquisição dos livros e cursos etc. Defina uma data de fim para saber exatamente quando finalizará o seu planejamento.

Feito isso, é importante que você também calcule o seu tempo total de estudo, multiplicando tempo total em semanas pela quantidade de horas a estudar por semana. Esta informação será crucial para definir quantas horas dedicará a cada matéria.

https://www.youtube.com/watch?v=0WyK6G-qMqA

Organize as matérias

Estamos quase lá. Você já sabe o que quer, quais matérias estudar, quantas horas estudará por dia e por quanto tempo fará isso. Agora é preciso juntar tudo e organizar as matérias no tempo.

Muita gente pergunta se é melhor estudar tudo de uma vez ou ir alternando as matérias. A resposta, como todas as outras, é “depende”. Para responder à pergunta de quais e quantas matérias estudar primeiro, precisamos considerar os seguintes critérios:

Quantas horas por semana você tem para estudar?

Separe no mínimo 4 horas semanais por matéria. Lembre-se que estas horas estão separadas em tempo de revisão, de questões, de lei seca, de doutrina, resumos e súmulas. Portanto, se você tem disponível 20 horas de estudo, você poderá estudar no máximo 5 matérias simultâneas. Por outro lado se você tem disponível 40 horas de estudo e o edital prevê somente 7 matérias, conseguirá tranquilamente estudar todas juntas.

Quais são as matérias mais relevantes do certame?

Estude primeiro as matérias de maior peso, ou seja, as que cobram um maior volume de questões e, por consequência, exigem o estudo de um maior volume de tópicos.

Qual seu nível de dificuldade em cada matéria?

Procure mesclar matérias que você tem facilidade com as que você tem dificuldade. Isso poderá diminuir o peso da rotina de estudos.

Author: concursosbr

Quer ajudar as pessoas com informações relevantes sobre concursos públicos, passando dicas de como passar em certames!.